Autochrome – Processo fotográfico para imagens a cores, que consistia em minúsculos grãos de amido de batata corados de verde, violeta ou encarnado-laranja misturados de maneira a apresentarem uma cor neutra. Eram depois espalhados sobre uma chapa de vidro e pressionados de forma a formarem uma camada muito fina, uniforme e transparente. Eram depois cobertos com uma emulsão pancromática e expostas numa máquina fotográfica com a emulsão por trás do vidro e dos grãos de amido. A luz atravessava primeiro o vidro, depois os grãos coloridos e finalmente registava na emulsão uma imagem a preto e branco que continha toda a informação cromática da cena retratada. Era depois revelada num processo reversível e a imagem final resultava da sobreposição de um positivo transparente a preto e branco com o écran colorido.